Eu não gosto de ti. Não gosto. Porque se eu gostar de ti, eu sei que mais tarde ou mais cedo acabas por ir embora sem olhares para trás, sem um único remorso, sem o peso na consciência de tudo o que poderiamos vir a ser e não fomos porque tu partiste... e eu não quero que vás, juro por Deus que não quero.
E então eu não gosto de ti, porque simplesmente não aguento mais ver as pessoas de quem eu gosto irem embora.

9 commentaires:

  1. está excelente o teu texto. a verdade é que as pessoas de quem eu gosto também partiram e doí bastante..

    RépondreSupprimer
  2. não tens nada que agradecer. eu também desejava que não fosse real tal como desejava o mesmo por ti.

    RépondreSupprimer
  3. oh, obrigada (:
    oh princesa, como te entendo nesse texto.

    RépondreSupprimer
  4. pode ser que não.. pode ser que o teu "gostar" o faça prender-se a ti. e como as forças da natureza são imensas, também a vossa ligação assim os seja <3

    RépondreSupprimer
  5. oh obrigada doce. e em relação ao texto, nem todas as pessoas partem, as verdadeiras ficam sempre. força

    RépondreSupprimer
  6. doce és tu por me conseguires mimar :)

    RépondreSupprimer

cher Joana