Sinto saudades daqueles sorrisos espontâneos que não têm nada a provar... Apenas um rasgo de lábios boémio, conhecedor da pureza de uns segundos de felicidade.

5 commentaires:

  1. é um dos melhores elogios, saber que aquilo que eu escrevo te faz sentir em casa. tu és igual! um dos meus blogues favoritos

    RépondreSupprimer
  2. pensa mais no teu interior .. obrigada :)

    RépondreSupprimer
  3. sai com os teus amigos e diverte-te (: assim talvez surjam os sorrisos.

    RépondreSupprimer

cher Joana